Vacinação contra gripe começa em Lagarto; estima-se vacinar mais de 22 mil pessoas este ano.

Vacinação contra gripe começa em Lagarto; estima-se vacinar mais de 22 mil pessoas este ano.

A meta da Prefeitura de Lagarto e da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) para a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe que inicia nesta quarta-feira, 10, é vacinar mais de 22 mil pessoas no município. De hoje até o dia 21 de abril, serão priorizadas crianças de 1 a 6 anos, grávidas em qualquer período gestacional e mulheres com até 45 dias do pós-parto. A campanha segue até o dia 31 de maio.

A partir de 22 de abril, todo o público-alvo da campanha poderá receber a dose, incluindo trabalhadores da saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

A Prefeitura de Lagarto realiza ações de sensibilização na sexta, dia 12, e tem o Dia D de vacinação do município dia 4 de maio nas Unidades Básicas de Saúde do Ademar de Carvalho, Colônia 13, Brasília e Jenipapo, no Centro de Saúde Leandro Maciel (Posto do Leite), nas Clínicas de Saúde da Família Davi Marcos e Antônio Maroto, no terminal rodoviário, na Praça Sílvio Romero e nas escolas Senador Leite Neto e Paulo Rodrigues, no bairro Matinha.

“Em todos os nossos postos já é possível se vacinar. Ninguém vai ficar sem a vacina por não encontrar local de vacinação, porque estamos com uma gingantesca cobertura, justamente para não desassistir a população e as pessoas que moram em locais mais distantes”, garantiu a prefeita de Lagarto, Hilda Ribeiro.

Prevenção – Para prevenir a gripe, é recomendável medidas gerais de proteção, como a constante lavagem das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento, e a adoção da etiqueta respiratória, que consiste em espirrar na parte de dentro dos cotovelos e cobrir a boca ao tossir, visando à redução do risco de infecção pelo vírus.

Outra dica importante é não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas. É importante ficar alerta a sinais e sintomas de gravidade para, nesses casos, buscar imediatamente avaliação em uma unidade de saúde.

Secom / PML / SEMED

Comentários

Notícias relacionadas

Arquivo de Notícias
Categorias
Aplicativos